Saturday, April 09, 2005

FORÇA ZINE

A VERDADE É UMA ILUSÃO
(Um tanto quanto sonhos me agradam), não tenho medo de lutar, mas minha utopia é devassa:

A imprescindível condição é o que não me agrada. Pois, vive-se daí morre e pronto você nunca foi ninguém. O calculo da vida é o que não estoura, sufoca, é macabro e te devora. Não há, e essa é a bem verdade, nada pra você, suas impressões não soam bem. O quadro é de puro ódio e intuito de destruição. Descubra/destrua. Afinal, entrelaçado ao nosso desejo, esta essa diminuição, aliado a isto, esta louca vontade de sarjetar todos os pensamentos insólitos, as vazões e seus segredos, nosso intuito de revolução e um não agradar.Assim, se toca fogo por metro quadrado, pensando nas entranhas e quanto não/nunca valemos nada.

E é por isso, que apedrejamos essa normalidade, por isso nos indignamos perante a banalidade e a hostilidade para com os seres humanos, nós. Nunca acreditaram em você e a condição de verme vai arder até o dia de sua morte, quando você, imputável de poder, cede.

A luta nunca vai ser por menosO calor da revolta incendeia.

1 comment:

Worm said...

Caralho.
Lindo.
O foda dos seus textos são as adjetivações que você faz da vida, das coisas... são lindas...
suas metáforas.
adoro o jeito q vc escreve.

Bjos florrrr