Wednesday, April 06, 2005

Coisas que eu vou começar a fazer

-Um dialogo indecente-

-Beeeelll!!!
-Rs...Oi Paty, tudo bem?
-Meu, lembra daquele carinha que eu te falei?
-Um, sei lá.Acho que não.
-Aquele que eu fiquei.Que tinha o pau grande.
-Ah...
-Então meu...Agente tava trepando no carro...Você acha que eu fiz certo?
-Que?
-Ah, de ter dado pra ele logo na primeira vez.
-Sei lá Paty, depende.
-Ah mais então...Como eu tava te dizendo, a gente tava trepando no carro quando...
-Paty, posso te dizer uma coisa?
­-Claro, fala Belzinha
-Eu não gosto de você.
-Que? Hahaha como assim?
-Não gosto. É sério, não gosto.Você só cola em mim pra falar de pau, eu não tenho nenhuma intimidade pra falar de pau com você.Não quero saber do tamanho do pau dos caras que você pega.Não gosto desse seu jeito, você nunca pergunta como estou.Se esta tudo bem comigo.Eu te acho uma pessoa extremamente vazia, sozinha e doente.Vai se tratar, depois você fala comigo, ok?
-Nossa Bel, meu credo por que você ta falando assim comigo?
-Por que é verdade.Por que eu to sendo sincera.Eu não agüento te ouvir falar.E quer saber mais? Amigo eu tenho e não to precisando de mais.Se um dia eu cair vou ter que quem me pegue e você com certeza que não vai ser.
-Eu hein mina, vai se fuder! Pensei que você fosse minha amiga.
-Pois é mais eu não sou sua amiga, você nem sabe o que isso significa. E se fuder você,caralho!

Paty aos prantos sai correndo pro banheiro daquela universidade cheia de merda.Bel ascende um cigarro e pensa que a vida ia ser bem melhor se todas as conversas fossem sinceras assim.
Fim.

No comments: